Sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Política

Ministério Público Federal denuncia Cabral pela 22ª vez

A força-tarefa da Lava Jato no Rio denunciou Diniz por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Cabral e mais 11 pessoas foram denunciadas por corrupção e/ou lavagem de dinheiro. Em fevereiro passado, Diniz foi preso na Operação Jabuti. Segundo o MPF, como presidente da Fecomércio, ele foi responsável pelo desvio de pelo menos R$ 10 milhões dos cofres públicos. [Leia mais...]

Ministério Público Federal denuncia Cabral pela 22ª vez

Foto: Divulgação

Por: Alexandre Galvão no dia 28 de março de 2018 às 07:40

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro denunciou o ex-governador do estado Sérgio Cabral por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. É a 22ª denúncia contra o emedebista no âmbito da Operação Lava Jato.

Também foi denunciado o ex-presidente da Fecomércio, a Federação do Comércio no Estado do Rio de Janeiro, Orlando Diniz. A informação foi divulgada ontem (27) pela assessoria do MPF.

A força-tarefa da Lava Jato no Rio denunciou Diniz por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Cabral e mais 11 pessoas foram denunciadas por corrupção e/ou lavagem de dinheiro. Em fevereiro passado, Diniz foi preso na Operação Jabuti. Segundo o MPF, como presidente da Fecomércio, ele foi responsável pelo desvio de pelo menos R$ 10 milhões dos cofres públicos.

De acordo com o MPF, o sistema Fecomércio no Rio conta com orçamento anual de cerca de R$ 1 bilhão.

Ministério Público Federal denuncia Cabral pela 22ª vez - Metro 1