Política

ʹQueremos passar a experiência de combate à criminalidadeʹ, diz secretário

O secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa, falou na manhã de hoje, em entrevista à Rádio Metrópole, sobre o convite para representar o país na 4ª Edição da Brazil Conference at Harvard & MIT, realizada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. [Leia mais...]

[ʹQueremos passar a experiência de combate à criminalidadeʹ, diz secretário]
Foto : Carol Garcia/GOVBA

Por Matheus Morais e Gabriel Nascimento no dia 29 de Março de 2018 ⋅ 08:17

O secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa, falou na manhã de hoje, em entrevista à Rádio Metrópole, sobre o convite para representar o país na 4ª Edição da Brazil Conference at Harvard & MIT, realizada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

"Nós recebemos esse convite com muito prazer para que possamos passar um pouco da situação da segurança pública do Brasil. É um evento que fala do Brasil, fala de economia. Um aspecto aguardado é a segurança. Acredito de fato que a gente tenha como contribuir, até porque já vínhamos colocando proposições em âmbito nacional, para passar um pouco da nossa experiência de combate à criminalidade e o que precisa ser feito para que a gente possa avançar", ressaltou.

Barbosa disse ainda que, para o segmento, o convite é de extrema importância. "A visão policial de quem trabalha é muito importante, não desmerecendo a visão acadêmica, mas há uma grande diferença entre teoria e prática. As imagens que passam do Brasil, infelizmente, são as imagens que vemos do Rio de Janeiro. No MIT vai ser a intervenção federal no Rio de Janeiro e a criminalidade organizada, que é algo importante a ponto de ser motivo de debate. O evento vai ser nos dias 6 e 7 em Boston", completou.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo