Política

Tribunal condena blogueiro que postou fake news sobre Sérgio Moro

De acordo com o Estadão, em 2015 o portal atribuiu a Moro suposto vínculo com o PSDB e envolvimento em desvios de R$ 500 milhões. [Leia mais...]

[Tribunal condena blogueiro que postou fake news sobre Sérgio Moro]
Foto : Nadja Kouchi/ Roda Viva

Por Clara Rellstab no dia 02 de Abril de 2018 ⋅ 19:00

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) condenou o jornalista Miguel Baia Bargas, do blog “Limpinho & Cheiroso”, por calúnia e difamação contra o juiz Sérgio Moro.

De acordo com o Estadão, em 2015 o portal atribuiu ao magistrado um suposto vínculo com o PSDB e envolvimento em desvios de R$ 500 milhões. O título do post era “Paraná: Quando Moro trabalhou para o PSDB, ajudou a desviar R$ 500 milhões da Prefeitura de Maringá”.

Bargas foi condenado a uma pena de 10 meses e 10 dias de detenção, em regime inicial aberto, e 15 dias-multa – substituída a pena privativa de liberdade por uma restritiva de direitos.

Notícias relacionadas