Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Política

Intelectuais lançam manifesto contra fala de general

Na nota, o grupo diz que "as recentes manifestações que evocam atos de força configuram clara intimidação sobre um Poder de Estado, o STF. Algo que não acontecia desde o fim da ditadura militar (...). Não são pessoas que estão em jogo. É a República. É a democracia". [Leia mais...]

Intelectuais lançam manifesto contra fala de general

Foto: Reprodução/TV Globo

Por: Clara Rellstab no dia 04 de abril de 2018 às 16:00

Um grupo de 150 juristas, defensores públicos, advogados brasileiros e outras personalidades, assinou um texto com críticas às falas do general do Exército, Eduardo Villas Bôas, na véspera do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula (PT) no Supremo Tribunal Federal (STF).

Na nota, o grupo diz que "as recentes manifestações que evocam atos de força configuram clara intimidação sobre um Poder de Estado, o STF. Algo que não acontecia desde o fim da ditadura militar (...). Não são pessoas que estão em jogo. É a República. É a democracia".

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, assinam o documento, entre outras personalidades, Lênio Streck, Celso Antonio Bandeira de Mello, Pedro Serrano, Tecio Lins e Silva, Tarso Genro, Fernando Haddad, a deputada Manuela DʹÁvila e o antropólogo Luiz Eduardo Soares.

Intelectuais lançam manifesto contra fala de general - Metro 1