Política

Pedido de prisão de Lula foi precipitado, diz Gilmar Mendes em Lisboa

Mendes afirmou que o PT “manipulava procuradores” e que “encorajou movimentos pouco democráticos em muitas práticas”. [Leia mais...]

[Pedido de prisão de Lula foi precipitado, diz Gilmar Mendes em Lisboa ]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Clara Rellstab no dia 06 de Abril de 2018 ⋅ 16:30

O ministro Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes considerou precipitado o pedido de prisão do ex-presidente Lula (PT), mas afirmou que o cenário de instabilidade atual é culpa do próprio Partido dos Trabalhadores.

Segundo a Folha de S. Paulo, a declaração foi feita em Portugal, em evento jurídico na Universidade Nova de Lisboa. O magistrado afirmou que o PT “manipulava procuradores” e que “encorajou movimentos pouco democráticos em muitas práticas”.

O ministro criticou ainda as indicações feitas para o STF pelos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff. “Ah, este deve ir para o supremo por ser afrodescendente. Este outro deve ir para o Supremo porque representa o grupo LGBT, ou a facção que defende o aborto", completou.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo