Segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Política

Lula deixa sindicato pela primeira vez desde a condenação para ʹcelebraçãoʹ a Marisa

Ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e da pré-candidata a Presidência Manuela D’Ávila (PCdoB), o petista assistiu calado a um padre anunciar que a missa, previamente anunciada, foi substituída por uma “celebração” [Leia mais...]

Lula deixa sindicato pela primeira vez desde a condenação para ʹcelebraçãoʹ a Marisa

Foto: Reprodução/Globo News

Por: Clara Rellstab no dia 07 de abril de 2018 às 10:53

O ex-presidente Lula (PT) saiu do prédio do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, pela primeira vez na manhã de hoje, para celebrar o aniversário da sua esposa Marisa Letícia – que morreu no ano passado.

Ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e dos pré-candidatos a Presidência Manuela D’Ávila (PCdoB) e Guilherme Boulos (PSOL), o petista assistiu calado ao padre Jaime Crowe anunciar que a missa, previamente anunciada, foi substituída por uma “celebração”, em respeito ao sincretismo religioso dos manifestantes.

“Aqui temos católicos, evangélicos, espíritas e umbandistas”, disse o clérigo.

Lula deixa sindicato pela primeira vez desde a condenação para ʹcelebraçãoʹ a Marisa - Metro 1