Política

PGR reitera pedido de denúncia contra Geddel, Lúcio e mãe dos Vieira Lima

O documento, obtido pelo Metro1, cita ainda a importância da matriarca da família nas supostas irregularidades. "A investigação provou que ela fazia muito mais que meramente emprestar sua residência para ocultar ilicitamente o dinheiro. Recolhia dinheiro, dava ordens, decidia os investimentos na Cosbat, assinava contratos pela M&A, empresa designada pelas letras iniciais do seu nome do de seu falecido marido". [Leia mais...]

[PGR reitera pedido de denúncia contra Geddel, Lúcio e mãe dos Vieira Lima ]
Foto : Montagem / Metro1

Por Alexandre Galvão no dia 10 de Abril de 2018 ⋅ 06:16

A PGR (Procuradoria-Geral da República) reiterou, ontem (9), o pedido para que o STF (Supremo Tribunal Federal) aceite a denúncia contra o deputado federal Lúcio Viera Lima (MDB), Geddel Vieira Lima e a mãe de ambos, Marluce Vieira Lima.

No pedido, a PGR elenca as operações da Polícia Federal que investigaram os esquemas em que os três estão arrolados. "As provas inter-relacionam-se, justapõem-se, explicam-se. Convergem para elucidar um todo criminoso da corrupção sistêmica e da lavagem de dinheiro, em que a apreensão dos cinquenta e um milhões de reais é o momento mais visível e eloquente", argumenta.

O documento, obtido pelo Metro1, cita ainda a importância da matriarca da família nas supostas irregularidades. "A investigação provou que ela fazia muito mais que meramente emprestar sua residência para ocultar ilicitamente o dinheiro. Recolhia dinheiro, dava ordens, decidia os investimentos na Cosbat, assinava contratos pela M&A, empresa designada pelas letras iniciais do seu nome do de seu falecido marido", enumera.

Notícias relacionadas