Política

Sem Eron na chapa, PRB fecha com Zé Ronaldo e pode indicar Ireuda

Sobre quem sucederá a congressista na Semps (Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza), João Roma confirma que o vereador Isnard Araújo, embora no PHS, é o nome indicado pelo PRB, mas ainda não há definição de Neto, “uma vez que o prefeito ainda está fazendo muitas conversas e fazendo o seu personograma”. [Leia mais...]

[Sem Eron na chapa, PRB fecha com Zé Ronaldo e pode indicar Ireuda]
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Evilásio Júnior e Clara Rellstab no dia 24 de Abril de 2018 ⋅ 19:17

Pré-candidato a deputado federal pelo PRB, João Roma confirmou, em entrevista à Rádio Metrópole, que a parlamentar Eronildes Vasconcelos vai tentar a reeleição e está fora da chapa majoritária encabeçada por José Ronaldo de Carvalho (DEM).

O ex-chefe de Gabinete de ACM Neto garantiu, no entanto, que a decisão não está atrelada à desistência do prefeito de concorrer ao governo do Estado. Segundo ele, o partido vai estar na coligação do democrata e pode indicar a vereadora de Salvador, Ireuda Silva, para compor o grupo, na condição de vice ou aspirante ao Senado.

“O PRB está fechado com Zé Ronaldo. De fato, Tia Eron teve o seu nome lembrado para integrar a majoritária, assim como Ireuda. Eu gostaria apenas de fazer um registro de que o posicionamento de Tia Eron não se deu após Neto decidir não sair candidato. Já antes, o presidente do PRB, Marcos Pereira, tinha colocado como prioridade do partido buscar a eleição dos deputados federais Márcio Marinho, Tia Eron e esse que vos fala”, pontuou Roma.

Sobre quem sucederá a congressista na Semps (Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza), João Roma confirma que o vereador Isnard Araújo, embora no PHS, é o nome indicado pelo PRB, mas ainda não há definição de Neto, “uma vez que o prefeito ainda está fazendo muitas conversas e fazendo o seu personograma”.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo