Política

João Santana diz que MDB está 'magoado' com ACM Neto, mas nega rompimento com prefeito

Ex-ministro voltou a se manifestar contra a unidade da oposição. Para ele, é "altamente prejudicial" neste momento e só deve acontecer em um eventual segundo turno

[João Santana diz que MDB está 'magoado' com ACM Neto, mas nega rompimento com prefeito]
Foto : Reprodução/Youtube

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 04 de Maio de 2018 ⋅ 18:27

Pré-candidato ao governo da Bahia pelo MDB, o ex-ministro João Santana disse, hoje (4), que o partido está "magoado" com a posição do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), de defender que a oposição não se colige com a sigla. O emedebista negou, no entanto, que a agremição tenha rompido com o democrata. 

"Há poucos dias, ele disse que não queria o MDB. Ele se esqueceu que o apoiamos duas vezes [na disputa pela prefeitura de Salvador]. Ao dizer isso, ele magoou a todos nós. Magoou os militantes do MDB. Mas não houve rompimento nem da minha parte nem da dele. Continuamos convivendo", afirmou o ex-ministro, em entrevista ao Metro1.

João Santana reiterou que a candidatura dele ao Palácio de Ondina vai até o fim. "Só não serei candidato se morrer ou tiver uma doença grave. Ou todos meus companheiros não quiserem que eu seja candidato, porque não posso ser candidato de mim mesmo", frisou.

O ex-ministro voltou a se manifestar contra a unidade da oposição. Para ele, é "altamente prejudicial" neste momento e só deve acontecer em um eventual segundo turno. João Santana vai se reunir, na próxima segunda-feira (7), com o presidente Michel Temer (MDB) para discutir a eleição na Bahia. 

Notícias relacionadas