Política

Exclusivo: confira as mudanças no secretariado de ACM Neto

Prefeito de Salvador fará seis alterações na administração municipal, que serão anunciadas nesta semana

[Exclusivo: confira as mudanças no secretariado de ACM Neto]
Foto : Divulgação/Ascom/PMS

Por Rodrigo Daniel Silva/Evilásio Júnior no dia 06 de Maio de 2018 ⋅ 12:01

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), vai anunciar, nesta semana, as mudanças no seu secretariado. O Metro1, com exclusividade, antecipa as seis alterações que serão feitas na administração municipal.

A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) será mesmo comandada pelo vereador Isnard Araújo (PHS). Indicado pelo PRB, partido ligado à Igreja Universal, o legislador vai substituir a deputada federal Tia Eron (PRB), que deixou o cargo para disputar a reeleição. 

Já Cristina Argiles será oficializada como a nova secretaria de Políticas para Mulheres. Indicada pelo PTB, ela chefiava a pasta desde que a titular Taíssa Gama saiu para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Pacheco Maia, que comanda a equipe de comunicação da Câmara de Salvador, vai deixar o posto atual para ser o novo secretário da Comunicação da prefeitura. Ele substituirá Paulo Alencar, que alegou vontade de retornar para o Rio de Janeiro, onde está a família.

Como já havia antecipado o Metro1, o presidente da Limpurb, Kaio Moraes, será o novo chefe de Gabinete da prefeitura, em lugar de João Roma (PRB), que é pré-candidato a deputado federal. A batuta da Limpurb ficará com o Leonardo Oliveira, atual chefe de gabinete da empresa.

Luiz Galvão assumirá a Secretaria Municipal de Saúde, que estava sem titular desde que José Antônio Rodrigues a deixou para voltar à iniciativa privada.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo