Política

Cresce aposta de Lídice como suplente de Wagner ao Senado

Cálculo é de que, se alguém do campo de centro-esquerda vencer a Presidência, Wagner pode virar ministro

[Cresce aposta de Lídice como suplente de Wagner ao Senado]
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Evilásio Júnior/Rodrigo Daniel Silva no dia 24 de Maio de 2018 ⋅ 08:05

Apesar da pressão da senadora Lídice da Mata (PSB) para ser candidata à reeleição, a aposta hoje no Palácio de Ondina é de que o governador Rui Costa (PT) deve indicá-la como suplente de Jaques Wagner, postulante do PT ao Senado na chapa majoritária.

O Metro1 apurou que, nos bastidores, o cálculo é de que, se alguém do campo de centro-esquerda vencer a Presidência da República, o ex-governador baiano tem grandes chances deve virar ministro e Lídice assumir o mandato. Rui avalia ser muito difícil tirar o PSD da composição governista e admite que “não pode brincar” com a legenda comandada pelo senador Otto Alencar. O partido é o maior da base, com mais de 80 prefeituras.

Se Lídice não topar a empreitada, o destino deve ser a tentativa de retorno à Câmara dos Deputados. Publicamente, o governador já disse que a hipótese de a aliada disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa para presidir a Casa no futuro é “boato” porque a socialista quer ter “presença nacional, e não apenas local”.

Notícias relacionadas