Política

Com decisão judicial, Temer retira benefícios de Lula

A intenção do Palácio do Planalto é devolver os privilégio caso o petista seja solto

[Com decisão judicial, Temer retira benefícios de Lula]
Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

Por Metro1 no dia 29 de Maio de 2018 ⋅ 17:20

O presidente Michel Temer (MDB) cumpriu decisão judicial hoje (29) e retirou os benefícios que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem direito como ex-mandatário. De acordo com a Folha, a intenção do Palácio do Planalto é devolver os privilégio caso o petista seja solto.

Entre as regalias suspensas estão a cessão de automóveis oficiais e o pagamento de viagens aéreas. Os seguranças e assessores do ex-presidente também tiveram exonerações publicadas no “Diário Oficial da União”. 

Depois de um pedido do advogado Rubens Gatti Nunes, coordenador nacional do MBL, o juiz federal Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal de Campinas, determinou, na semana passada, a retirada imediata dos benefícios do petista.

Ainda segundo a publicação, a ideia inicial de Temer era manter os assessores pessoais e suspender apenas os benefícios de segurança e transporte.

Notícias relacionadas