Política

Deputado do DEM revela que votaria até no PT contra o ‘louco’ Bolsonaro

“Bolsonaro é como se fosse um saco vazio. […] Não podemos jogar o Brasil no abismo”, avalia Elmar Nascimento

[Deputado do DEM revela que votaria até no PT contra o ‘louco’ Bolsonaro]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Rodrigo Daniel Silva/Gabriel Nascimento no dia 20 de Julho de 2018 ⋅ 08:40

O deputado federal baiano Elmar Nascimento (DEM) sugeriu que, se houver uma disputa no segundo turno entre ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), vai votar no petista.

“O Bolsonaro é uma espécie de voto de protesto e o eleitor se comporta de uma forma que, se Bolsonaro fosse candidato ao Parlamento, seria o mais votado do Brasil. Agora, para votar ao Executivo, as pessoas querem saber das ideias, querem saber da economia. […] Bolsonaro é como se fosse um saco vazio. Não tem condições de vir aqui ser entrevistado por você. Não podemos jogar o Brasil no abismo. Se você tiver uma pessoa tipo Haddad e Bolsonaro disputando o segundo turno, a eleição é do PT. A gente não vai exigir do cidadão brasileiro que seja desinteligente e deixe de votar em alguém que, por mais que a gente discorde da ideologia, para votar em um louco”, afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole.

Para Elmar, a candidatura do ex-militar vai ser desmanchada. “Por mais que eu seja contra invasão de terra, não posso defender nunca o uso de violência pra defender esse tipo de coisa. Bolsonaro não resiste uma semana”, ressaltou.

No entendimento do democrata, o desafio do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) é vencer em São Paulo, onde foi governador e hoje o mais votado é Bolsonaro. “A primeira coisa que Geraldo precisa é rever São Paulo. Precisa ganhar São Paulo de volta. Nas últimas eleições, ele teve 40% dos votos de São Paulo. Acredito que, a partir da televisão, ele vai ter um latifúndio para expor ideias”, apostou.

Com o apoio do centrão, o tucano já garante mais de 6 minutos do tempo de TV.

Notícias relacionadas