Política

MPE acusa frase 'Haddad é Lula' de confundir eleitor

Ministério Público Eleitoral solicitou a supressão da propaganda, aplicação de multa e ressarcimento aos cofres públicos

[MPE acusa frase 'Haddad é Lula' de confundir eleitor]
Foto : Reprodução

Por Marina Hortélio no dia 20 de Setembro de 2018 ⋅ 18:24

Em parecer encaminhado ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pelo vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques, a coligação "O povo feliz de novo", formada por PT, PCdoB e Pros, foi acusada de confundir os eleitores ao propagar a mensagem "Haddad é Lula".

A mensagem é veiculada com a figura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado de Fernando Haddad e Manuela D'Ávila, respectivamente os candidatos a presidente e vice-presidente da chapa.

Jacques aponta que a peça confunde o eleitor e passa a ideia de que a composição tem três nomes.

A manifestação do vice-procurador-geral foi feita no âmbito de uma representação do partido Novo contra a peça publicitária da campanha petista.

O MPE (Ministério Público Eleitoral) solicitou a supressão da propaganda questionada pelo Novo, a aplicação de multa e ressarcimento aos cofres públicos. O caso está sob a relatoria do ministro Sérgio Banhos.

Notícias relacionadas

[PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido]
Política

PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 18:44 em Política

Sigla destaca que é a única com 98% de votações favoráveis ao governo federal e que não compactua com eventuais desgastes

[PF montou em um dia operação contra Bivar]
Política

PF montou em um dia operação contra Bivar

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 11:00 em Política

Além da casa de Bivar no Recife e da sede do partido, estão entre os alvos endereços de três ex-candidatas do PSL