Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 10 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

TSE mantém validade da candidatura de Dilma ao Senado por MG

Política

TSE mantém validade da candidatura de Dilma ao Senado por MG

Por unanimidade, os ministros decidiram que não cabe à Corte eleitoral discutir os efeitos da decisão tomada pelo Senado no processo que culminou no impeachment da petista

TSE mantém validade da candidatura de Dilma ao Senado por MG

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Por: Matheus Simoni no dia 04 de outubro de 2018 às 13:40

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve hoje (4) a validade da candidatura da ex-presidente Dilma Rousseff ao Senado em Minas Gerais. Por unanimidade, os ministros decidiram que não cabe à Corte discutir os efeitos da decisão tomada pelo Senado no processo que culminou no impeachment da petista.

A candidatura de Dilma foi alvo de mais de dez questionamentos, inclusive do diretório estadual do Partido Novo e da filha do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB), Danielle Cunha (MDB), que concorre a deputada federal.

No entanto, o TSE confirmou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), que já havia considerado a petista elegível apesar de ter sofrido um impeachment em 2016.