Política

Lídice lamenta campanha de Imbassahy por Bolsonaro: 'Nem ACM teria essa postura'

Em entrevista à Rádio Metrópole hoje (8), durante o Jornal da Segunda Cidade Edição, ela afirmou que o parlamentar, que não conseguiu se reeleger para o cargo, não faz parte da tradição dos tucanos

[Lídice lamenta campanha de Imbassahy por Bolsonaro: 'Nem ACM teria essa postura']
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Matheus Simoni e Marina Hortélio no dia 08 de Outubro de 2018 ⋅ 19:37

A senadora Lídice da Mata (PSB) lamentou o posicionamento do deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB) a favor da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) para a Presidência da República. Em entrevista à Rádio Metrópole hoje (8), durante o Jornal da Segunda Cidade Edição, ela afirmou que o parlamentar, que não conseguiu se reeleger para o cargo, não faz parte da tradição dos tucanos.

"Eu acho que, na verdade, Imbassahy não é um candidato que tem a raiz no PSDB. Tem que levar em conta a raiz social democrata, é uma raiz que vem contra a ditadura militar de FHC, de tantos outros líderes que compunham o PSDB no início, que vem de uma dissidência do PMDB, afirmando uma luta pela ética. Esse PSDB perdido no passado ainda existe em algumas militâncias, lideranças e é esse PSDB que Haddad precisa chamar. Um PSDB que ainda tem responsabilidade com a democracia", declarou. 

Para Lídice, a postura de Imbassahy vai de encontro ao que pregavam políticos importantes da Bahia, como ACM, que foi correligionário do deputado tucano.

"Não tenho nada pessoal contra ele, porém do ponto de vista político, ele não tem a ver com a história de FHC, ele tem a ver com a história de ACM, de quem ele foi um seguidor. Eu não sei nem se o próprio ACM teria essa postura, porque ACM apoiou veladamente Lula no segundo turno da eleição de 89 e apoiou Ciro na eleição de 98", declarou. 

Notícias relacionadas