Política

PSDB decide não apoiar Bolsonaro nem Haddad

O presidente nacional do PSDB disse que a cúpula tucana liberou os diretórios estaduais da legenda e os filiados para fazer a escolha que quiserem

[PSDB decide não apoiar Bolsonaro nem Haddad]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 09 de Outubro de 2018 ⋅ 18:30

O presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, informou hoje (9) que o partido optou por não apoiar nem Jair Bolsonaro (PSL) nem Fernando Haddad (PT) e permanecer neutro no segundo turno da eleição presidencial.

A informação foi divulgada após reunião da Executiva Nacional do PSDB. Alckmin terminou a corrida ao Planalto em quarto lugar, com 5.096.349 votos (4,76%).

De acordo com o ex-governador de São Paulo, a cúpula tucana permitiu que os diretórios estaduais da legenda e os filiados escolham quem apoiar no segundo turno do pleito. "O PSDB decidiu liberar seus militantes e seus líderes. Não apoiaremos nem o PT nem o candidato Bolsonaro", afirmou.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro tira Joice Hasselmann de liderança do governo ]
Política

Bolsonaro tira Joice Hasselmann de liderança do governo 

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Outubro de 2019 ⋅ 14:15 em Política

Joice foi escolhida líder do governo em fevereiro, pela indicação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP)