Política

PF indicia Perillo por lavagem de dinheiro, corrupção e associação criminosa

Com o indiciamento, a PF aponta que existem indícios suficientes dos crimes imputados ao ex-governador

[PF indicia Perillo por lavagem de dinheiro, corrupção e associação criminosa]
Foto : Wilson Dias/ABr

Por Marina Hortélio no dia 11 de Outubro de 2018 ⋅ 18:00

Solto hoje (11) após ter ficado preso por menos de 24h, o ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) foi indiciado pela Polícia Federal por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Perillo é investigado pela Operação Cash Delivery, que averigua repasses ilegais da empreiteira Odebrecht para as campanhas políticas do tucano, por meio de intermediários investigados no mesmo inquérito.

Com o indiciamento, a PF aponta que existem indícios suficientes dos crimes imputados ao ex-governador. Cabe ao Ministério Público Federal em Goiás decidir se Perillo vai ser denunciado ou não à Justiça Federal.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo