Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 17 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

Haddad admite que diretores 'ficaram soltos para promover corrupção' em governos do PT

Política

Haddad admite que diretores 'ficaram soltos para promover corrupção' em governos do PT

Presidenciável petista disse que pretende criar controladorias nas estatais para conter o desvio de dinheiro público

Haddad admite que diretores 'ficaram soltos para promover corrupção' em governos do PT

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Por: Juliana Rodrigues no dia 13 de outubro de 2018 às 13:00

O candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad, reconheceu hoje (13) que faltou controle interno nas estatais para que a corrupção fosse combatida durante os governos petistas. 

"Faltou controle interno das estatais, isso ficou claro. Os diretores ficaram soltos para promover corrupção e enriquecer", disse Haddad à Folha de S. Paulo. O candidato não apontou culpados e disse que cabe à Justiça dar a palavra final. 

Haddad admitiu que dirigentes partidários que tenham enriquecido com uso de dinheiro público devem ser presos. "Se algum dirigente comete erro, garantido o amplo direito de defesa, mas se concluir que alguém enriqueceu, tem que ir para a cadeia", declarou.

O presidenciável também afirmou que sempre faz críticas a equívocos cometidos pelo partido e aliados, sem deixar de apontar saídas. Como exemplo, ele citou a controladoria interna implantada no Ministério da Educação, pasta que comandou por sete anos, e disse que tem a intenção de estender o modelo às estatais.