Política

Diretor do Datafolha rebate general que questionou 'fraude' em pesquisas eleitorais

Não é a primeira vez que o general utiliza as redes sociais para manifestações sobre temas políticos

[Diretor do Datafolha rebate general que questionou 'fraude' em pesquisas eleitorais]
Foto : Reprodução/TV Gazeta

Por Matheus Simoni no dia 15 de Outubro de 2018 ⋅ 08:40

O diretor do instituto Datafolha, Mauro Paulino, rebateu críticas feitas pelo general da reserva Paulo Chagas, que foi candidato ao governo do Distrito Federal no primeiro turno pelo PRP. Pelo Twitter, o militar fez uma publicação em tom de ameaça, questionando uma possível "fraude" nas eleições.

Também pela rede social, o dirigente do Datafolha criticou a postagem, classificando-a como "sem vergonha".

Confira:


Não é a primeira vez que o general utiliza as redes sociais para manifestações sobre temas políticos. Antes, Chagas divulgou, em abril, às vésperas do julgamento de um habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Supremo Tribunal Federal (STF), o general questionou:

"Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do País e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais? (…) Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais", disse.

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar