Política

TSE proíbe propaganda de Haddad com ataque a Bolsonaro

Segundo o magistrado, campanha petista se baseia em informação falsa

[TSE proíbe propaganda de Haddad com ataque a Bolsonaro]
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Outubro de 2018 ⋅ 07:20

O ministro Sergio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibiu, ontem (15), a veiculação televisiva de uma propaganda eleitoral da campanha do presidenciável Fernando Haddad (PT), na qual é dito que o adversário Jair Bolsonaro (PSL) votou contra a Lei Brasileira de Inclusão.

No entendimento do magistrado, trata-se de "fake news", já que a defesa de Bolsonaro alegou que a lei foi aprovada por unanimidade na Câmara dos Deputados.

Notícias relacionadas