Política

WhatsApp vai investigar disparo de mensagens contra o PT

No comunicado, o Whatsapp afirma que "tem proativamente banido centenas de contas durante o período das eleições brasileiras"

[WhatsApp vai investigar disparo de mensagens contra o PT]
Foto : Allan White/Fotos Públicas

Por Matheus Simoni no dia 19 de Outubro de 2018 ⋅ 11:00

O aplicativo de mensagens WhatsApp iniciou uma investigação sobre o suposto disparo em massa de mensagens contra o Partido dos Trabalhadores por empresários que financiaram o candidato Jair Bolsonaro (PSL). O caso foi revelado pelo jornal Folha de S.Paulo ontem (18).

Por meio de nota, o aplicativo confirmou a abertura da investigação. No comunicado, o Whatsapp afirma que "tem proativamente banido centenas de contas durante o período das eleições brasileiras". "Temos tecnologia de ponta para detecção de spam que identifica contas com comportamento anormal ou automatizado, para que não possam ser usadas para espalhar spam ou desinformação", afirma a nota.
 

Notícias relacionadas

[Damares diz não ter dever de custear Memorial da Anistia]
Política

Damares diz não ter dever de custear Memorial da Anistia

Por Juliana Almirante no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 07:26 em Política

“Um Memorial da Anistia seria algo como o Memorial do Esquecimento”, diz o texto enviado pelo ministério ao MPF, que questionou cancelamento de obra