Política

Cotado a Secom de Bolsonaro quer criar empresa pública para pesquisas de opinião

Fabio também quer a promoção de veículos de imprensa “éticos e comprometidos com o Brasil"

[Cotado a Secom de Bolsonaro quer criar empresa pública para pesquisas de opinião]
Foto : Reprodução/Estado de S. Paulo

Por Matheus Simoni no dia 22 de Outubro de 2018 ⋅ 19:00

Cotado para assumir a Secretaria de Comunicação Social em um possível governo de Jair Bolsonaro (PSL), o empresário Fabio Wajngarten avalia a criação de uma empresa pública para realizar pesquisas de opinião.

Segundo a Coluna do Estadão do último domingo (21), seria um instituto para ajudar o presidente a “tomar decisões e não ser pego de surpresa”, na contramão de uma privatização. Fabio também quer a promoção de veículos de imprensa “éticos e comprometidos com o Brasil”.

Notícias relacionadas

[ACM Neto nega fusão do DEM com o PSL]
Política

ACM Neto nega fusão do DEM com o PSL

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Outubro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM avaliou que falta maturidade política aos membros da sigla de Jair Bolsonaro