Política

Brasil registra 3,4 mil mortes violentas em agosto; já são mais de 34 mil no ano

Dado é ainda maior, já que quatro estados não divulgam os dados de agosto e um deles também não informa os de julho

[Brasil registra 3,4 mil mortes violentas em agosto; já são mais de 34 mil no ano]
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Metro1 no dia 22 de Outubro de 2018 ⋅ 13:40

Pelo menos 3.444 pessoas foram assassinadas no mês de agosto deste ano no Brasil. O número, porém, é ainda maior, já que quatro estados não divulgam os dados.

Segundo uma ferramenta criada pelo site G1 para calcular o índice nacional de homicídios, já são 34.305 vítimas registradas nos primeiros oito meses deste ano. O número consolidado até agora contabiliza todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.

A situação mais crítica está nos estados de Roraima, Rio Grande do Norte, Ceará e Acre. Em Sergipe, Pará, Pernambuco, Alagoas, Amapá e Bahia, respectivamente, o risco de encerrar 2018 com taxas acima de 50 homicídios por 100 mil habitantes é grande.

Quatro estados (Amazonas, Maranhão, Paraná e Tocantins), entretanto, dizem ainda não ter os dados referentes a agosto – o Paraná também não informa os números de julho. 

O índice nacional de homicídios criado pelo G1, tem como objetivo possibilitar um diagnóstico em tempo real da violência e cobrar transparência por parte dos governos.

Notícias relacionadas