Política

TSE nega direito de resposta de Bolsonaro contra Haddad

Presidenciável do PSL fez o pedido após campanha petista associá-lo aos casos de agressão por posicionamento político

[TSE nega direito de resposta de Bolsonaro contra Haddad]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom-ABr/Ricardo Stuckert

Por Juliana Rodrigues no dia 22 de Outubro de 2018 ⋅ 11:40

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou o pedido de direito de resposta da campanha do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) contra a propaganda de Fernando Haddad (PT) que tenta vincular o capitão reformado a uma onda de violência política no país.

No entendimento do ministro Carlos Horbach, o fato de Bolsonaro ter se posicionado contra e dispensado o voto de quem pratica violência não necessariamente significa que seus apoiadores não tenham ligação com os episódios.

Ainda de acordo com Horbach, os dados divulgados na propaganda de Haddad são investigados, de forma que não é possível afirmar que sejam inverídicos.

Notícias relacionadas