Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

'Mandamos o que achávamos melhor', diz secretário sobre regulamentação do Uber

Uma das críticas da legisladora é sobre a limitação de carros imposta pela prefeitura na matéria. O ponto, segundo Fábio Mota, é mesmo aplicado em Nova Iorque

['Mandamos o que achávamos melhor', diz secretário sobre regulamentação do Uber]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Alexandre Galvão no dia 22 de Outubro de 2018 ⋅ 13:20

Secretário de Mobilidade Urbana de Salvador, Fábio Mota disse que a prefeitura enviou para a Câmara Municipal de Salvador (CMS) o que "era melhor" para a regulamentação do Uber e outros aplicativos de carona paga. 

"O projeto de lei quem altera é a Câmara. Vai ter que ser debatido desde o princípio. Mandamos o que achávamos ser o melhor, agora cabe à Câmara decidir", afirmou, ao Metro1

Relatora na Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ) da Casa, a vereadora Lorena Brandão (PSC) criticou o projeto hoje (22), em entrevista à Rádio Metrópole. Para ela, o texto é uma "monstruosidade".

Uma das críticas da legisladora é sobre a limitação de carros imposta pela prefeitura na matéria. O ponto, segundo Mota, é mesmo aplicado em Nova Iorque. 

"Propusemos a limitação e Nova Iorque acabou de implementar. Quando tem lá é avanço, aqui é retrógrado. Nova Iorque limitou em Manhattan para ter controle, para não criar imobilidade", disse.

Notícias relacionadas