Política

Declaração do filho de Bolsonaro sobre fechar STF é 'infeliz, inaceitável e descabida', diz ACM Neto 

Presidente do DEM acusou o PT de ser "um dos principais responsáveis pela divulgação de fake news"

[Declaração do filho de Bolsonaro sobre fechar STF é 'infeliz, inaceitável e descabida', diz ACM Neto ]
Foto : Divulgação

Por Rodrigo Daniel Silva/Alexandre Galvão no dia 24 de Outubro de 2018 ⋅ 10:43

O presidente nacional do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, criticou a declaração do filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) - o deputado federal eleito Eduardo Bolsonaro - sobre fechar o Supremo Tribunal Federal.

Em um vídeo publicado na internet, o parlamentar eleito afirma que para fechar a Corte "bastava um soldado e um cabo". 

"Ninguém pode concordar com isso. São declarações que precisam ser vistas com muita cautela. Não pode ser, de maneira nenhuma, a tônica do pensamento do futuro governo. E o próprio Jair Bolsonaro já foi a público dizer que não é o pensamento dele. [...] Foi uma declaração infeliz, inaceitável, descabida e que já foi devidamente contraditada e esclarecida pelo candidato Jair Bolsonaro", afirmou.

Neto acusou, ainda, o PT de divulgar fake news contra ele. De acordo com o prefeito, vídeos manipulados de sua entrevista à Rádio Metrópole têm sido distribuídos pelo partido, que, segundo ele, é "um dos principais responsáveis pela divulgação de fake news".

O presidente do DEM afirmou ainda que é "montagem" o vídeo vazado do sex tape do candidato ao governo de São Paulo, João Doria (PSDB). Para ele, com o "objetivo de atingir a imagem" do tucano.

"Eu, honestamente, dou graças a Deus de não ter participado das eleições porque passou de todos os limites. O brasileiro vai ter que exigir uma nova postura dos candidatos. Não pode o vale tudo", afirmou.

ACM Neto ainda negou que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), já articule a reeleição. 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro tira Joice Hasselmann de liderança do governo ]
Política

Bolsonaro tira Joice Hasselmann de liderança do governo 

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Outubro de 2019 ⋅ 14:15 em Política

Joice foi escolhida líder do governo em fevereiro, pela indicação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP)