Política

Vitória de Bolsonaro repercute na imprensa internacional

Jornais e revistas de outros países denominaram o presidente eleito como "Trump do Brasil"

[Vitória de Bolsonaro repercute na imprensa internacional]
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 29 de Outubro de 2018 ⋅ 08:20

A imprensa internacional repercutiu a eleição de Jair Bolsonaro como Presidente da República, ontem (28).

O site da rede norte-americana CNN destaca a vitória de Bolsonaro "em uma das campanhas políticas mais polarizadas e violentas da história do Brasil" e chama o presidente eleito de "Trump do Brasil" e "candidato da extrema-direita". A rede britânica BBC também faz a associação entre Trump e o capitão reformado, com destaque para falas consideradas racistas, homofóbicas e misóginas.

A revista The Economist, que chegou a chamar Bolsonaro de "ameaça", disse que "os brasileiros fizeram uma péssima escolha" e frisou que o PT colaborou para o crescimento do PSL devido aos escândalos de corrupção, pelo desejo de se manter no poder e pela depressão econômica. O jornal norte-americano The New York Times seguiu a mesma tendência e apontou para o crescimento do conservadorismo da extrema-direita no mundo.

O argentino Clarín destaca Bolsonaro como parte do "fenômeno do populismo da direita global". Já o espanhol El País trouxe a eleição do capitão reformado como o fim de uma era do PT.

Notícias relacionadas