Política

Jornalista da Folha diz que ataque de Bolsonaro ao jornal 'não é um gesto adequado'

Bolsonaro ameaçou cortar recursos públicos de veículos de comunicação que se comportem "de maneira indigna"

[Jornalista da Folha diz que ataque de Bolsonaro ao jornal 'não é um gesto adequado']
Foto : Divulgação

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 30 de Outubro de 2018 ⋅ 12:20

O jornalista da Folha de São Paulo, Fernando Canzian, disse que o ataque do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) ao jornal paulista "não é um gesto adequado" em uma democracia.

"Cada um fala o que quer. Estamos em uma democracia. Agora, a Folha faz um jornalismo profissional. Eu acho que, dentro de uma democracia, que precisa de imprensa live não é um gesto adequado. Agora, ele está no direito de dizer o que quer e a Folha vai manter o jornalismo profissional", afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole.

Ontem (29), em entrevista ao Jornal Nacional, Bolsonaro ameaçou cortar recursos públicos de veículos de comunicação que se comportem "de maneira indigna". Sobre a montagem da equipe do governo, Canzian avaliou que ainda está muito "confusa".

"Está tudo muito confuso.A equipe não teve um freio de arrumação. Cada um fala uma coisa. Falam coisas desencontradas. É um pouco natural essa confusão, mas eu acho que, em algum momento, vai ter que dar uma ordem para as informações serem consistentes e padronizadas", pontuou.

Notícias relacionadas