Política

Haddad é condenado a pagar R$ 200 mil a promotor por acusações não comprovadas

Marcelo Milani processou Haddad após o ex-prefeito da capital paulista ter acusado o promotor de ter pedido R$ 1 milhão de propina para não mover uma ação civil pública relacionada a construção do estádio do Corinthians

[Haddad é condenado a pagar R$ 200 mil a promotor por acusações não comprovadas]
Foto :Lula Marques/Agência PT

Por Marina Hortélio no dia 31 de Outubro de 2018 ⋅ 18:55

O candidato derrotado à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar R$ 200 mil reais de indenização ao promotor do Ministério Público de São Paulo Marcelo Milani. A decisão é de primeira instância e cabe recurso.

Milani processou Haddad após o ex-prefeito da capital paulista ter acusado o promotor de ter pedido R$ 1 milhão de propina para não mover uma ação civil pública relacionada a construção do estádio do Corinthians. De acordo com os autos, a declaração de Haddad foi feita em entrevista concedida a uma revista em 2017.

A acusação foi apurada tanto pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e pela Corregedoria do Ministério Público, em ambos os casos Haddad não conseguiu comprovar a acusação.

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar