Política

Kassab defende manutenção da Telebras como estatal

Para o ministro, a empresa tem prestado serviços importantes ao país

[Kassab defende manutenção da Telebras como estatal]
Foto : Marcelo Camargo / Agência Brasil

Por Daniel Brito no dia 01 de Novembro de 2018 ⋅ 20:00

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Mctic), Gilberto Kassab, se posicionou hoje (1°) contrariamente a uma eventual extinção da Telebras, hipótese levantada pela equipe de governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

“Se me ouvirem, vou mostrar a importância que a empresa tem para o Brasil. E tenho certeza de que, como este será um governo bem-intencionado, que buscará o melhor para o povo brasileiro, vai entender que o serviço que a Telebras está prestando e vai prestar, nenhuma outra instituição pública prestará”, disse o ministro.

Privatizada no ano de 1998, a empresa foi recriada em 2010 durante o mandato do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva para viabilizar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), que objetiva levar serviço de internet banda larga para áreas pouco atrativas ao setor privado.

 

Notícias relacionadas