Política

Mesmo com carta branca a Moro, combate a corrupção deve ter responsabilidade, diz Bolsonaro

Presidente eleito ainda afirmou que deseja reduzir os impostos e que 'não existe a possibilidade de se recriar a CPMF'

[Mesmo com carta branca a Moro, combate a corrupção deve ter responsabilidade, diz Bolsonaro]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 05 de Novembro de 2018 ⋅ 18:10

Apesar de afirmar que o juiz Sérgio Moro vai ter carta branca para combater a corrupção, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), disse que o confronto deve ser feito com responsabilidade. Em entrevista a Datena, na Band, ele ainda criticou o "barulho" feita pela operação Carne Fraca.

Em busca da reforma da Previdência, o presidente eleito afirmou que pretende apresentar uma nova reforma ao Congresso no início do ano que vem, caso alguns pontos não sejam aprovados pelo governo atual. Para ele, as especificidades de alguns grupos, como os militares, devem ser avaliadas para não haver injustiças. 

Bolsonaro ainda afirmou que deseja reduzir os impostos e que "não existe a possibilidade de se recriar a CPMF". Para o presidente eleito, a redução da carga tributária gera empregos e amplia a base de pessoas que pagam impostos.

O sucessor de Michel Temer ainda manteve o discurso contra a reeleição presidencial. Outro ponto da reforma política é a redução em até 20% no número de parlamentares no país.

Notícias relacionadas