Política

Imbassahy visita João Doria após rumores de que deixaria PSDB

Governador eleito de São Paulo pode assumir o comando do partido

[Imbassahy visita João Doria após rumores de que deixaria PSDB]
Foto : Reprodução/Instagram

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 07 de Novembro de 2018 ⋅ 06:44

O deputado federal Antonio Imbassahy, que não conseguiu ser reeleito, visitou, ontem, o governador eleito de São Paulo, João Doria, após rumores de que deixaria o PSDB para migrar para o PSL, partido do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Imbassahy estava acompanhado dos deputados estaduais eleitos do PSDB, Paulo Câmara, Marcell Moraes e David Rios. Com o enfraquecimento dos medalhões da sigla, especula-se que Doria pode assumir o comando do partido, que hoje é presidio pelo ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que perdeu a disputa presidencial neste ano.

Em uma postagem na rede social Instagram, Imbassahy se mostrou a favor de que o PSDB apoie o governo de Bolsonaro. A proposta é defendida por Doria. "Reafirmamos a nossa posição de apoio a Bolsonaro notadamente na geração de emprego e combate ao crime. Houve uma convergência total para que o PSDB assuma uma postura clara sem hesitações perante a população brasileira", escreveu.

Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, o ninho tucano está divido. Por enquanto, 15 dos 29 deputados eleitos e três dos 8 senadores pretendem integrar a base de apoio do governo Bolsonaro.

No dia 22 de outuburo, a Executiva nacional do PSDB se reúne para discutir o calendário de convenções. Aliados de dizem que haverá pressão para que a troca do comando do partido seja antecipada. 

Notícias relacionadas

[PF montou em um dia operação contra Bivar]
Política

PF montou em um dia operação contra Bivar

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 11:00 em Política

Além da casa de Bivar no Recife e da sede do partido, estão entre os alvos endereços de três ex-candidatas do PSL