Política

Bolsonaro diz não escolher assessor por cor ou orientação sexual

Assessores próximos ao presidente eleito garantiram que ele nomeará quatro mulheres em seu ministério, sendo três militares e uma civil

[Bolsonaro diz não escolher assessor por cor ou orientação sexual]
Foto : Antônio Cruz / Agência Brasil

Por Daniel Brito no dia 07 de Novembro de 2018 ⋅ 16:00

O presidente eleito Jair Bolsonaro comentou hoje (7), em suas redes sociais, sobre a ausência de mulheres na sua equipe de transição. Ele disse não estar preocupado com cor nem sexo para escolher seus assessores.

“Não estou preocupado com a cor, sexo ou sexualidade de quem está na minha equipe, mas com a missão de fazer o Brasil crescer, combater o crime organizado e a corrupção, dentre outras urgências”, escreveu.

Para sua equipe de transição, Bolsonaro escolheu 27 nomes, dos quais cinco não terão remuneração. Assessores próximos ao presidente eleito garantiram que ele nomeará quatro mulheres, sendo três militares e uma civil.

“Algum jornalista acha mesmo que vou sair perguntando o que cada um faz na sua intimidade para indicar a cargos no governo? Isso é uma grande piada”, disse.

Notícias relacionadas