Política

Dodge diz que não tem prazo para decidir sobre denúncia de Temer no caso dos portos

Em um mês e meio, o mandato de Temer termina e ele perde o foro privilegiado no STF

[Dodge diz que não tem prazo para decidir sobre denúncia de Temer no caso dos portos]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 14 de Novembro de 2018 ⋅ 17:00

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou hoje (14) que não tem prazo para decidir se vai denunciar ou não o presidente Michel Temer no inquérito dos portos. 
 
Após receber o relatório final da Polícia Federal, a PGR tinha 15 dias para fazer a denúncia, pedir o arquivamento ou requerer coleta de mais provas. O prazo venceu em 31 de outubro.
 
Porém, tanto a Procuradoria, quanto o STF avaliam que o prazo é "impróprio" e de cumprimento não obrigatório, já que o Ministério Público tem o período que considerar necessário para formar uma opinião a respeito do tema.
 
Dodge disse ainda que não tem prazo para eu concluir a análise. "O inquérito é muito extenso, estou examinando", afirmou a PGR.
 
Em um mês e meio, Temer finaliza o mandato e perde o foro privilegiado no STF.

Notícias relacionadas

[PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido]
Política

PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 18:44 em Política

Sigla destaca que é a única com 98% de votações favoráveis ao governo federal e que não compactua com eventuais desgastes