Política

Dodge pede mais 60 dias para investigação sobre Aécio

Inquérito que investiga o senador por suposto recebimento de valores indevidos pela Construtora Norberto Odebrecht para a campanha eleitoral de 2014

[Dodge pede mais 60 dias para investigação sobre Aécio]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 16:00

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, mais 60 dias para concluir o inquérito que investiga o senador Aécio Neves (PSDB-MG) por suposto recebimento de valores indevidos pela Construtora Norberto Odebrecht, do grupo Odebrecht, para a campanha eleitoral de 2014. O inquérito data do dia 12 de novembro.

Os delatores afirmaram que os pagamentos teriam sido feitos por meio de contratos fictícios firmados com a empresa PVR Propaganda e Marketing Ltda. Aécio nega as acusações.

De acordo com Dodge, a prorrogação do prazo se faz necessária por existirem diligências pendentes e necessárias ao encerramento das investigações.

Notícias relacionadas