Política

Moro leva ao gabinete de transição integrantes da Lava Jato

Ex-superintendente da PF do Paraná e delegada da operação estão entre os nomes

[Moro leva ao gabinete de transição integrantes da Lava Jato]
Foto : Ueslei Marcelino/Reuters

Por Lara Ferreira no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 16:40

O juiz Sergio Moro, nomeado como ministro da Justiça para o governo de Jair Bolsonaro (PSL), exonerado hoje (19), anunciou que convidou ao gabinete de transição, em Brasília, integrantes da Polícia Federal que participaram da Operação Lava Jato, pela qual o magistrado era responsável em Curitiba (PR).

Entre os nomes estão Rosalvo Franco Ferreira, ex-superintendente regional da Polícia Federal no Paraná, e Erika Mialik Marena, uma das primeiras delegadas que esteve à frente da operação, tendo, inclusive, nomeado a Lava Jato. 

Com os convites, Moro começa a confirmar os primeiros nomes de sua equipe. Ele já havia declarado que pretendia criar no Ministério da Justiça o mesmo modelo que seguia na operação, com forças-tarefa para assunto prioritários, e que traria para trabalhar com ele na pasta nomes que atuaram na Lava Jato.

De acordo com a Folha, o próximo nome anunciado por Moro deve ser o do diretor-geral da PF, função ocupada hoje por Rogério Galloro. O mais cotado é Maurício Valeixo, que atualmente é o chefe da polícia do Paraná. 

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar