Política

Senador recolhe assinaturas para impedir flexibilização da Ficha Limpa

Randolfe Rodrigues precisa de 41 adeptos, mas, até o momento, só conta com três

[Senador recolhe assinaturas para impedir flexibilização da Ficha Limpa]
Foto : Waldemir Barreto/Agência Senado

Por Lara Ferreira no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 18:00

O senador Randolfe Rodrigues (REDE) está reunindo assinaturas para que não seja discutido o PLS 396/2017, que consiste na alteração dos critérios de inelegibilidade da Ficha Limpa. 

O projeto define que quem já tinha processo transitado em julgado antes da sanção da Ficha Limpa ficaria inelegível pelo tempo prevista nas leis anteriores. Para casos de abuso do poder econômico seriam, por exemplo, três anos ao invés de oito. 

Para evitar que o tema seja posto em pauta, Randolfe precisa de 41 assinaturas. De acordo com a Coluna do Estadão, a assessoria do senador informou que, até o momento, ele conta com apenas três, entre elas a de Ana Amélia (PSDB). 

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo