Política

Lava Jato prende governador do Rio de Janeiro 

A prisão do político foi autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça

[Lava Jato prende governador do Rio de Janeiro ]
Foto : Valter Campanato / Agência Brasil

Por Alexandre Galvão no dia 29 de Novembro de 2018 ⋅ 06:12

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), foi preso hoje (29) pela Polícia Federal. De acordo com o G1, a força-tarefa da Lava Jato deu voz de prisão contra o político por volta das 6h (horário de Brasília). A Operação Boca de Lobo é baseada na delação premiada de Carlos Miranda, operador financeiro do antecessor de Pezão, Sérgio Cabral, que também está preso.

Segundo a PF, a Operação Boca de Lobo investiga os crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção ativa e passiva, cometidos pela alta cúpula da administração do governo do Estado do Rio de Janeiro.

A prisão do político foi autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça. Delações apontam que Pezão recebia propina de R$ 1 milhão por mês.

Além do governador, foram presos José Iran Peixoto Júnior (Secretário de Obras), Affonso Henriques Monnerat Alves da Cruz (Secretário de Governo), Luiz Carlos Vidal Barroso (servidor da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico), Marclo Santos Amorim (sobrinho do governador), Cláudio Fernandes Vidas (sócio da J.RO Pavimentação), Luiz Alberto Gomes Gonçalves (sócio da J.R.O Pavimentação), Luis Fernando Craveiro de Amorim (sócio da High Contros Luis) e César Augusto Craveiro de Amorim (Sócio da High Control Luis).

Notícias relacionadas