Política

'Rui de 2018 é a Dilma de 2014', diz ACM Neto

Democrata acusa petista de adotar posturas diferentes das que foram prometidas em campanha

['Rui de 2018 é a Dilma de 2014', diz ACM Neto]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Simoni e Alexandre Galvão no dia 30 de Novembro de 2018 ⋅ 15:20

O prefeito de Salvador, ACM Neto, comparou o governador Rui Costa (PT) à correligionária e ex-presidente Dilma Rousseff, durante uma solenidade realizada no Palácio Tomé de Souza, na Praça Municipal, na manhã de hoje (30). Segundo o prefeito, muito do que foi visto na gestão da petista após a eleição de 2014 começou a se repetir no atual governo baiano.

"Honestamente sinto o Rui Costa de 2018 como a Dilma de 2014. Estou sentindo a mesma coisa. Dilma se reelegeu com um discurso e depois adotou prática completamente diferente. O vídeo ele é constrangedor, tem um estelionato eleitoral. Ele maqueou, durante a campanha, a grave crise fiscal. Ele agora diz que é difícil, mas não disse na campanha", afirmou o democrata, citando um vídeo divulgado nesta semana pelo governador.

Nas redes sociais, o petista divulgou um vídeo e anunciou uma série de ações para garantir o equilíbrio financeiro do Estado e o pagamento dos servidores ativos e aposentados. "Na campanha ele não disse que iria fazer reforma da Previdência. Eu vi o governador criticando quem defendeu reforma da Previdência em Brasília. Vai ser perverso com os servidores públicos", disse Neto. 

ACM Neto ainda prometeu se reunir com a bancada de oposição na Assembleia Legislativa para discutir quais serão as ações a respeito do projeto.

"Pra chegar ao ponto do governador dizer que cogita privatizar a Embasa, que foi o maior objeto de luta política do PT quando foi oposição, pedindo autorização para receitas futuras, acho que essa bomba vai explodir. Em pouco tempo vamos ver o que o PT tem feito de mal na bahia. Eles vão culpar quem? Eu quero saber. Eu vou cobrar e vou cobrar muito essa postura do governador Rui Costa", declarou o prefeito. 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro tira Joice Hasselmann de liderança do governo ]
Política

Bolsonaro tira Joice Hasselmann de liderança do governo 

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Outubro de 2019 ⋅ 14:15 em Política

Joice foi escolhida líder do governo em fevereiro, pela indicação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP)