Política

Bolsonaro não pretende voltar atrás sobre mudança de embaixada em Israel, diz coluna

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, a orientação é, de, por enquanto, "deixar o assunto em banho-maria", sem anunciar data

[Bolsonaro não pretende voltar atrás sobre mudança de embaixada em Israel, diz coluna]
Foto : Wilson Dias / Agência Brasil

Por Daniel Brito no dia 30 de Novembro de 2018 ⋅ 20:00

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, não pretende voltar atrás publicamente da decisão de mudar a embaixada do Brasil em Israel, de Tel-Aviv para Jerusalém, segundo informou hoje (30) a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. 

De acordo com a colunista, a alternativa adotada pela equipe de Bolsonaro foi a de, até segunda ordem, deixar o assunto em banho-maria, sem anunciar data para a transferência acontecer. 

Um interlocutor frequente do presidente eleito disse que ele sabe que “há implicações geopolíticas importantes” e que mudar a embaixada “é um passo arriscado”, e que está sendo aconselhado a implantar qualquer decisão “de forma paulatina”. 

Além disso, a abertura de um escritório de negócios em Jerusalém, por exemplo, poderia ser uma alternativa à mudança da embaixada. À Folha, o vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, já havia declarado que o ato pode transferir o terrorismo para o Brasil.
 

Notícias relacionadas

[PF montou em um dia operação contra Bivar]
Política

PF montou em um dia operação contra Bivar

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 11:00 em Política

Além da casa de Bivar no Recife e da sede do partido, estão entre os alvos endereços de três ex-candidatas do PSL