Política

Temer encaminha projeto de reforma do auxílio-inclusão

Mudança prevê recebimento do BPC para rendas de até dois salários mínimos

[Temer encaminha projeto de reforma do auxílio-inclusão]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Lara Ferreira no dia 01 de Dezembro de 2018 ⋅ 12:00

O presidente Michel Temer enviou ontem (30) um Projeto de Lei ao Congresso Nacional que propõe a criação do chamado auxílio-inclusão, que prevê o pagamento do Benefício de Prestação Continuada a todo cidadão que conseguir trabalho com remuneração de até dois salários mínimos. 

Com a mudança, o desempregado que arranjar oportunidade de remuneração de até R$ 1.908, deixa de receber o valor total já pago pelo governo atualmente, de um salário mínimo (R$ 954) e passa a contar com 50% da quantia (R$ 477).

O cidadão de baixa renda ou com deficiência, que se adequam ao benefício do BPC, poderá, então, procurar emprego sem se preocupar em deixar de receber o auxílio. Se a medida for aprovada pelos parlamentares, poderá contribuir para preencher vagas destinadas a cotas no mercado, o que deve ajudar a movimentar a economia do país.

Notícias relacionadas