Política

Relatório do Coaf cita também ex-servidora de Jair Bolsonaro 

O documento lista Nathalia Melo de Queiroz, de 29 anos, e Evelyn Melo de Queiroz, 24. Nathalia era servidora de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados até o dia 15 de outubro

[Relatório do Coaf cita também ex-servidora de Jair Bolsonaro ]
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Alexandre Galvão no dia 07 de Dezembro de 2018 ⋅ 12:04

O relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que apontou operações bancárias suspeitas do ex-motorista do deputado estadual e eleito senador Flávio Bolsonaro, filho presidente Jair Bolsonaro, cita também as duas filhas de Fabrício José Carlos de Queiroz - elas constam como assessoras da Assembleia Legislativa do Rio.

O documento lista Nathalia Melo de Queiroz, de 29 anos, e Evelyn Melo de Queiroz, 24. Nathalia era servidora de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados até o dia 15 de outubro deste ano, data em que foi exonerada, segundo o G1.

As transferências de Fabrício incluem Nathalia como beneficiária principal: R$ 84 mil. De acordo com o relatório, Nathalia e outra consultora para assuntos parlamentares, Marcia Oliveira de Aguiar, possuem o mesmo domicílio fiscal do ex-motorista de Flávio Bolsonaro.

Consta também para Nathalia uma transferência no valor de R$ 2,3 mil.

Evelyn, irmã de Nathalia, também teria recebido R$ 550 em transferências do pai. As duas aparecem no relatório com os cargos de Assessora Parlamentar I.

O relatório também destaca movimentações suspeitas na conta de Fabricio no Itaú. Segundo o Coaf, entre 23 de janeiro e 15 de março de 2017, a conta de Fabricio "apresentou 10 transações de forma fracionada, totalizando R$ 49 mil, configurando possível tentativa de burla aos controles", lê-se no relatório.

Notícias relacionadas