Política

Para fugir de pergunta sobre Coaf, Onyx questiona salário de repórter; veja

Futuro ministro da Casa Civil afirmou que não é investigador para saber a proveniência do R$ 1,2 milhão movimentados pelo motorista de Eduardo Bolsonaro

[Para fugir de pergunta sobre Coaf, Onyx questiona salário de repórter; veja]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 07 de Dezembro de 2018 ⋅ 16:20

O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, entrou em embate com um jornalista ao ser questionado sobre a acusação do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) contra a família Bolsonaro.

Em entrevista coletiva, Onyx afirmou que não é investigador para saber a origem do R$ 1,2 milhão movimentados pelo motorista do futuro senador Flávio Bolsonaro. Em resposta, Lorenzoni ainda perguntou qual é o salário do jornalista que fez os questionamentos sobre o caso do Conselho

Ele ainda afirmou que o presidente eleito não teme a verdade. "Nós vamos trabalhar com a verdade, até que a verdade se esclareça, nós vamos ver", disse. Em mais um fuga dos questinamentos, Onyx questionou onde estava o órgão na época de escândalos como o mensalão e o petrolão.

Assista o vídeo abaixo:

Notícias relacionadas