Política

Previdência: Bolsonaro propõe idade mínima de 62 anos para homens e 57 para mulheres

Diferenciação tem o objetivo de facilitar a aprovação da reforma no Congresso e evitar "injustiça com aqueles que têm expectativa de vida menor"

[Previdência: Bolsonaro propõe idade mínima de 62 anos para homens e 57 para mulheres]
Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 04 de Janeiro de 2019 ⋅ 09:00

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a proposta de reforma da Previdência discutida pelo governo prevê a idade mínima de 62 anos para os homens e 57 anos para as mulheres, com aumento gradativo. A declaração foi dada durante entrevista ao SBT, a primeira após a posse, veiculada ontem (3).

De acordo com o presidente, haveria o acréscimo de um ano a partir da promulgação e outro em 2022, mas as idades mínimas seriam diferentes de acordo com a categoria profissional e a expectativa de vida. A diferenciação não apenas tem o objetivo de facilitar a aprovação da reforma no Congresso, como também evitar "injustiça com aqueles que têm expectativa de vida menor".

As medidas visam principalmente a previdência dos servidores públicos, com o objetivo de "eliminar privilégios" e evitar que o país "em mais dois ou três anos entre em colapso", nas palavras do presidente.

Bolsonaro ainda admitiu a possibilidade de novos ajustes serem feitos pelo seu sucessor. “Quando você coloca tudo de uma vez só no pacote, você pode errar, e nós não queremos errar”, afirmou.

Notícias relacionadas

[Economista é indicado para assumir Enem]
Política

Economista é indicado para assumir Enem

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 15:55 em Política

Teixeira é professor da PUC-Rio nos cursos de graduação e pós-graduação em Administração

[Juiz manda PT baiano devolver mais de R$ 40 mil ]
Política

Juiz manda PT baiano devolver mais de R$ 40 mil 

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 09:56 em Política

Nas ações, são citados o presidente do partido na Bahia, Everaldo Anunciação e Ivan Alex Teixeira Lima, secretário de Finanças

[Manoel Vitório nega conversas sobre privatização da Embasa]
Política

Manoel Vitório nega conversas sobre privatização da Embasa

Por Clara Rellstab no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 09:23 em Política

“Não tem nenhum estudo elaborado sobre isso. Eu acho que o Estado não pode abrir mão de analisar nenhum tipo de ativo dele, mas tem que ser alguma coisa bem feita”, ponde...