Política

Geraldo Jr. nega retaliação de vereadores contra ACM Neto

Edis deixaram de comparecer a uma reunião do Colégio de Líderes, na quarta-feira (3), para debater um projeto de uma minirreforma administrativa oriundo do Executivo

[Geraldo Jr. nega retaliação de vereadores contra ACM Neto]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Juliana Almirante no dia 04 de Abril de 2019 ⋅ 07:48

O presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Jr. (SD), avaliou, em entrevista à Rádio Metrópole, que os colegas da Casa não estariam articulando uma retaliação contra o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). 

Os edis deixaram de comparecer a uma reunião do Colégio de Líderes, na quarta-feira (3), para debater um projeto de uma minirreforma administrativa oriundo do Executivo.

"Eu acredito que não", afirmou. O projeto já havia passado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa e deveria tramitar nas comissões de Orçamento e de Transportes, para então ir a plenário. 

O presidente da Casa afirmou que fez uma convocação que foi noticiada em todos os gabinetes de vereadores, fez chamamento em plenário e publicou no Diário Oficial da CMS. No entanto, não teve a presença de líderes partidários, inclusive da base do prefeito. 

Geraldo Jr. disse que, ao ser questionado por jornalistas sobre o assunto, respondeu que não é líder do governo e sim presidente da Câmara. 

O presidente da Casa também relatou que, ao conversar com o líder do governo, Paulo Magalhães (PV), ele afirmou que a ausência dos colegas na reunião ocorreu por conta do trânsito e da chuva na cidade. "Os vereadores não conseguiram chegar", disse Geraldo. 

Notícias relacionadas