Política

Olavo critica Vélez após Bolsonaro sinalizar demissão do ministro

"Não vou fazer nada contra ele, mas garanto que não vou lamentar se o botarem para fora do ministério", escreveu

[Olavo critica Vélez após Bolsonaro sinalizar demissão do ministro]
Foto : Reprodução

Por Juliana Rodrigues no dia 06 de Abril de 2019 ⋅ 11:30

Após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) ter sinalizado, ontem (5), que o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, pode ser demitido na segunda (8), o escritor e "guru" do governo, Olavo de Carvalho, disse que não irá lamentar caso a demissão aconteça. 

"Conheci o Prof. Vélez por seus livros sobre a história do pensamento brasileiro, publicados mais de vinte anos atrás. Nunca tomei conhecimento das suas obscenas tucanadas e clintonadas, que teriam me prevenido contra seu comportamento traiçoeiro", escreveu Olavo. "Não vou fazer nada contra ele, mas garanto que não vou lamentar se o botarem para fora do ministério", concluiu.

A publicação de Olavo é mais um revés para o ministro Vélez, que enfrenta uma crise dentro da pasta, com pedidos de demissão sucessivos e conflitos entre alas militaristas, técnicas e olavistas. O escritor foi responsável por indicar o titular da pasta para o cargo.

Notícias relacionadas