Política

Após pressão, Mangueira deve assumir vice-liderança na Câmara de Salvador

A sanha tem só um objetivo: indicações políticas

[Após pressão, Mangueira deve assumir vice-liderança na Câmara de Salvador]
Foto : Reprodução / Facebook

Por Alexandre Galvão no dia 08 de Abril de 2019 ⋅ 09:01

A falta de harmonia na base do prefeito ACM Neto na Câmara Municipal de Salvador (CMS) pode se acentuar nos próximos dias. A confusão começou após o vereador Alfredo Mangueira (MDB) reivindicar a vice-liderança do governo na Casa. O posto hoje é ocupado por Ricardo Almeida (PSC). 

Rude, Mangueira tentou no grito tomar o posto do vereador de primeiro mandato. A pressão não foi bem recebida e deixou sequelas: primeiro no Colégio de Líderes, com a não realização da reunião, e depois em outros colegiados, como a Comissão de Orçamento. 

Segundo apurou o Metro1, a pressão do vereador deve surtir efeito e ele deve ser posto no cargo que tanto almeja. A sanha tem só um objetivo: indicações políticas. Como vice-líder, Mangueira poderá indicar mais nomes para a Casa.

Notícias relacionadas