Política

Mourão compara prisão a 'masmorra' e 'colônia' do crime

Para ele, se o governo não investir na área social, vai acabar enxugando gelo, ainda com bons resultados da polícia

[Mourão compara prisão a 'masmorra' e 'colônia' do crime]
Foto : Jackson Ciceri

Por Juliana Almirante no dia 08 de Abril de 2019 ⋅ 13:40

Enquanto o ministro Sérgio Moro envia ao Congresso um pacote de leis para endurecer as regras de combate a criminalidade, o vice-presidente Hamilton Mourão defendeu que o governo tenha um trabalho "persistente" na área social, a fim de resolver os problemas da área. 

Ele comparou as prisões com "masmorras" e disse que são "colônias" do crime. Para Mourão, se o governo não investir na área social, vai acabar enxugando gelo, ainda com bons resultados da polícia. 

"Com as pessoas vivendo amontoadas em favela, sem acesso a água, a luz, com o traficante colocando a televisão a cabo para eles, nós não vamos resolver o problema. Temos de agir de forma vigorosa na área social", declarou Mourão, que foi aplaudido pela plateia do Brazil Conference, evento organizado por estudantes brasileiros das universidades de Harvard e do MIT.

Notícias relacionadas