Política

'Olavo chegou a ter três esposas muçulmanas ao mesmo tempo', relata filha

Ela ainda diz que o pai não a matriculou em uma escola e deixou a família vivendo nos fundos do local onde dava aulas, enquanto vivia com a nova esposa

['Olavo chegou a ter três esposas muçulmanas ao mesmo tempo', relata filha]
Foto : Reprodução/Facebook

Por Juliana Almirante no dia 10 de Abril de 2019 ⋅ 08:00

A filha do guru do governo de Jair Bolsonaro, o ideólogo de direita Olavo de Carvalho, Heloísa de Carvalho Martin Arribas, relatou, em entrevista à revista Época, que o pai chegou a ter três esposas muçulmanas ao mesmo tempo. Hoje, ele se declara católico. 

"Hoje ele se diz católico desde criancinha, mas foi muçulmano e levou todos os quatro filhos, minha mãe a as esposas dele na época para o islamismo. Chegou a ter três esposas muçulmanas ao mesmo tempo. Não batizou nenhum dos quatro filhos do primeiro casamento. Dos outros casamentos não sei, mas nunca ouvi falar em madrinha ou batismo. Ele me casou no islamismo. Eu optei por ser católica e, em 2015, depois de adulta, fui batizada", disse. 

Aos 49 anos, Heloísa é professora de artesanato e moradora da cidade de Atibaia (SP). Ela saiu do anonimato em 2017, quando escreveu "Carta aberta a um pai", em que relata parte da infância dela e dos irmãos, período marcado pela ausência do pai.

Heloísa ainda afirma que o pai não a matriculou em uma escola. O guru de Bolsonaro teria colocado a família para morar nos fundos da Escola Júpiter, onde dava cursos de astrologia, enquanto ficava no imóvel da frente com a nova esposa. 

A professora acredita que o pai mora nos EUA porque lá tem condições de fazer ataques às pessoas sem ser processado.

"Xinga e ofende todo mundo. Mas quem tem condição financeira de processar Olavo de Carvalho com ele morando lá? É caro, tem carta rogatória, tradução juramentada. Custa tempo e dinheiro. Eu mesma o processaria. Meu pai disse que fui presa em briga de bar, que sou usuária de drogas. Fora a questão do abandono intelectual que sofri na infância e me causa grande transtorno até hoje, com deficiência muito grande na escrita", relata. 

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar